E aos 7 anos eu já sabia o que queria: empreender!
Minha história começa bem antes da Valentina nascer, quando eu nem sabia o que significava a palavra empreender.
Aos 7 anos, ainda na máquina de costura da minha mãe, costurei a minha primeira peça (na minha cabeça né, porque na realidade acabamos com um parafuso a menos e metade da peça sendo engolida pela máquina de costura).
Anos depois, já com 16 anos, fui trabalhar na área administrativa e por lá fiquei durante 8 anos. Fiz (leia-se comecei) administração, contabilidade, nutrição, enfermagem, processos gerenciais e não me encontrava em nada.
Até que casei e a maternidade chegou em minha vida.
Eu estava decidida a me dedicar a maternidade em tempo integral durante pelo menos 2 anos. Doce ilusão!
Passado os 9 meses da gestação e mais 6 (maravilhosos) meses de dedicação exclusiva a Valentina, a minha parte ‘’mulher que trabalha fora’’ começou a apitar.
Mas como deixar aquela pintinha tão pequena sozinha e alimentar esse desejo de produzir, de trabalhar? Aqui, exatamente aqui, nasceu a Fofuras.
Comecei em casa, fazendo as faixinhas de cabelo, porque a Valentina nasceu careca e não encontrava nada que eu gostasse e que fosse confortável mas com qualidade. Depois queria mais, conheci os sapatinhos, pedi uma máquina de costura emprestada e ai me encontrei.
E desde então nunca mais parei de criar, sempre buscando ser diferente. Fazer produtos para mães reais, com problemas reais: faixinhas enormes e que apertam a cabeça do bebê, sapatinhos duros que marcam, babadores vindos da China sem nenhuma qualidade.
Foi muito suor, muitas ideias boas e ruins, muitas madrugadas viradas, muitos erros e acertos.
Aqui costumo dizer que conheci o significado real da palavra EMPREENDER, logo em seguida da palavra RESILIÊNCIA. Na verdade essa segunda faz parte da vida de todo empreendedor que quer crescer, que acredita no que faz. Precisa fazer!
Hoje fizemos uma pesquisa nos stories e vi ali que, no fundo, somos todas iguais: mães dedicadas e preocupadas com o bem estar dos nossos pequenos.
E foi desse sentimento que a Fofuras by Valentina nasceu e segue dando seus primeiros passos.